sábado, 6 de março de 2010

AS TRES PERGUNTAS MAIS ANTIGAS DA HUMANIDADE


“ Ah, se eu soubesse onde o poderia achar! Então me chegaria ao seu tribunal “
Jó 23:3

O livro de Jó é um dos mais antigos da Biblia.
Nele estão contidas três das mais antigas perguntas que as pessoas fazem sobre Deus e a eternidade.
Tais questionamentos só podem ser respondidos por Deus.
O pensamento humano não nos leva a lugar nenhum, pois é totalmente inútil para alcançar os desígnios divinos.
Sobre quem Jó falava quando suspirou as palavras acima ?
Sobre o próprio Deus.
Desde que foi separado do Criador pelo pecado, o ser humano se esforça para encontrá-lo.
As religiões são uma expressão clara desse desejo.
Cada individuo possui a capacidade mental para concluir a partir das obras visíveis e maravilhosas da criação que existe um Criador invisível ( Romanos 1:20 ).
Na criação, Deus revelou Sua existência, Seu poder e gloria, mas para que O encontremos, é necessário que Ele mesmo Se revele a nós.
A revelação que Deus como um Ser de luz e de amor é obtida não na criação, mas em outro lugar.
Todas as três perguntas feitas por Jó são respondidas na Pessoa de Jesus Cristo.
A resposta definitiva em relação a Deus está na encarnação de Cristo : “ Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou “ João 1:18 .
O que as diversas religiões não podem fazer, o Senhor Jesus fez em Pessoa.
Ele veio da presença de Deus para revelar Deus.
Portanto, se você deseja saber quem Deus é, analise as palavras, a vida e a morte de Jesus Cristo.
Elas são a lente pela qual podemos contemplar a grandeza, a graça e o amor de Deus.

“ Na verdade sei que assim é; porque, como se justificaria o homem para com Deus? “
Jó 9:2

Quando alguém reconhece que Deus existe e que Ele é Santo, surge obrigatoriamente a pergunta que Jó fez no versiculo de nove : “ Como se justificaria o homem para com Deus ? “.
Ou, em outras palavras, como pode um ser humano culpado estar na posição de justo diante da presença de Deus ?.
Muitos tentaram responder essa questão.
Em geral, todas as respostas podem ser resumidas no conceito das “obras de justiça”.
As pessoas tentam fazer o maximo de boas obras para atingir um nível de justiça que atenda ao padrão divino.
Mas a Palavra de Deus afirma claramente : “ Porque todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus “ – Romanos 3:23.
Boas obras não podem remover um único pecado sequer.
“ Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus . Não vem das obras, para que ninguém se glorie “ – Efesios 2:8-9
Então não há resposta para essa pergunta ?
Tudo é incerto ?
De forma alguma !
A morte e ressurreição de Jesus Cristo são a resposta para o problema de nossa justiça diante de Deus.
Somente sobre essa base é que Deus pode justificar um pecador.
Não há qualquer outro modo.
Se Deus fosse simplesmente ignorar o pecado, Ele se contradiria.
Em Sua morte sacrificial na cruz do calvário, Jesus Cristo suportou o julgamento do pecado, a punição pela nossa culpa.
Essa obra de expiação executada com perfeição satisfez todas as justas exigências de Deus em relação ao pecado.
Portanto, Ele pode declarar como justo todo aquele que crê no Senhor Jesus e em sua obra.

“ Morrendo o homem, porventura tornará a viver “
Jó 14:14

A terceira pergunta que intriga os homens desde os primórdios é sobre a vida após a morte.
O pensamento de todos os povos é caracterizado por uma consciência de que a morte não é o fim de todas as coisas.
A mitologia antiga e o conteúdo de muitos túmulos descobertos pelos arqueólogos testificam que as pessoas das eras remotas acreditavam na vida após a morte.
As doutrinas da reencarnação e a transmigração da alma não são novidades, constam das evidencias descobertas na cultura das mais antigas civilizações.
O homem esteve ocupado desde o inicio com a questão da vida após a morte, pois Deus “pos o mundo no coração do homem” – Eclesiastes 3.11 .
No entanto, sem Deus, não há resposta satisfatoria.
Aqui também somente a divina revelação nos fará conhecer a verdade.
A Biblia faz duas importantes declarações acerca deste tema :
1) Existe vida após a morte ! “ E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão, e morreu também o rico, e foi sepultado. E, no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lazaro no seu seio”. Essas forma palavras de Jesus Cristo em Lucas 16:19-23.
2) A decisão acerca de nosso destino eterno tem, obrigatoriamente, de ser feita nesta vida. Depois da morte é muito tarde, não há chance. O Senhor também falou sobre esse ponto em Seus ensinamentos – Lucas 16:26-31 .
Que ninguem se engane !.
Hoje é o dia para uma decisão sobre onde cada um de nós ira passar a eternidade.
“ Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna “, disse o Filho de Deus – João 6:47 .

Decida-se HOJE, AGORA . . .

Pr. Humberto Freire


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget