terça-feira, 19 de janeiro de 2010

CORRUPÇÃO x AÇÃO DE DEUS

“ Feliz a nação cujo Deus é o Senhor “
Salmo 33:12

A trajetória de alguns reis da Biblia motiva-nos a refletir sobre a influencia que pode exercer um homem fiel e obediente a Deus quando ocupa uma posição de governo.
Muitos desses reis viveram em épocas de crises em que a lama da corrupção e violência atolava a alma humana e a deixava sufocada e escravizada à miséria e à ruína.
Isso te faz pensar em alguma situação presente ?.
Vamos analisar a historia do rei Asa como exemplo.
Ele viveu em circunstancias desfavoráveis para a produção de um monarca piedoso, zeloso e sábio, mas contrariando as circunstancias, governou como homem temente a Deus.
Asa foi o terceiro rei de Judá depois da divisão do reino, seu reinado durou 41 anos ( 1 Rs 15:9-24 ).
Seu pai era o rei Abias e sua avó Maaca ( 2 Cronicas 11:20 ) a quem depôs por causa da idolatria e imoralidade.
O que caracterizou o reino de Asa foi a grande e corajosa reforma que ele realizou.
Sua primeira reforma foi espiritual ( 2 Cronicas 15:8 ).
Foi exatamente por ái que o rei começou seu trabalho de reerguimento político e social.
Sua segunda reforma foi uma reforma ética ( 2 Cronicas 15:15 ).
Asa acabou com o nepotismo quando depôs sua avó.
E sua terceira reforma foi estética ( 2 Cronicas 15:18 ).
Ele devolveu à “ Casa do Senhor “ os objetos que foram preparados e consagrados para ornamentar o santuario.
Enquanto Asa governou, sua nação prosperou.
Governantes tementes a Deus , vêem sua nação prosperar.
Mas nós, como povo de Deus, vamos levantar a nossa voz profética e declarar que Deus, todo poderoso, levantará nessa nação governantes tementes a Ele.
Homens que não serão arrastados pelas correntes impiedosas da maldade, homens que nadarão contra a correnteza da corrupção e das idéias naturais dos homens sem Deus.
Governantes que “ acharão graça diante do Senhor ” e que, como o rei Asa, realizarão reformas corajosas e farão prosperar essa nação, em nome de Jesus .

Pense e Ore por isso !

Pr. Humberto Freire



Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget