segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O QUE FAZER QUANDO PERDEMOS A JESUS ?


41. Ora, todos os anos iam seus pais a Jerusalém à festa da páscoa;
42. E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa.
43. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe.
44. Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos;
45. E, como o não encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele.
46. E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.
Lucas 2:41-46

Esta mensagem vai nos mostrar uma triste realidade.
Pois algo está acontecendo e muitos não se dão conta.
O contexto é forte, se prepare.
Como pregador da palavra de Deus, quero nesta mensagem proclamar que muitos estão se esquecendo do filho de Deus, alguém que é tão importante está caindo no esquecimento da humanidade.
E o que é ainda pior, é que aqueles que se chamam de filhos de Deus, que deveriam andar com Jesus são os que mais se esqueceram dele.
Quando lemos esse texto bíblico surge uma pergunta no mínimo intrigante: Como um pai e uma mãe se perdem de seu filho?
No verso 48 Maria tenta justificar a situação transferindo a responsabilidade para o menino Jesus.
José e Maria foram a caminho de um dia e não perceberam a ausência do menino, para eles estava tudo bem, tudo normal, mas a verdade é que estavam despercebidos, pois iam conversando tranquilamente, talvez entretidos com outros assuntos.
Segundo a história, as mulheres caminhavam na frente levando a comida e a bebida e o costume dizia que os judeus caminhavam todo o dia parando apenas no final da tarde para fazerem as refeições, momento em que reuniam a família. O que nos leva a crer que na frente ia Maria e provavelmente sua prima Isabel, e demais mulheres, e atrás ia José e Zacarias, com as crianças, os meninos brincando pelo caminho.
Então cai a noite e eles chegam junto ao local da refeição, José e Zacarias, junto com seu filho João Batista, porém Jesus não está junto ao pai.
Nesse momento Maria indaga a José, onde estaria o menino, e ele diz pensar que o menino estivesse com a mãe.
Ambos enganados.
Perderam a Jesus !.
Somente depois de um dia de caminhada é que se deu falta do menino Jesus, a presença de Jesus não estava com eles!
Acharam que Ele poderia estar com os parentes e conhecidos, novo engano!
A exemplo desse fato, muitos são os que têm perdido Jesus pelo caminho, no meio da jornada com suas dificuldades ou dentro de sua própria religiosidade e legalismo achando tudo normal.
Não se ligaram ainda que a alegria contagiante da Sua presença ficou para trás, a isso vejo o próprio Jesus dizendo: “Lembra de onde me perdeste e volta ao primeiro amor”.
Um dia de caminhada, mais um dia de volta, e mais um dia em Jerusalém a procura do menino.
Assim foram três dias longe do Senhor.
Agora imagine o desespero daqueles pais, e imagine as coisas que se passaram em suas mentes a procura do menino.
Podemos aprender com esta história, e assim saber como podemos encontrá-lo novamente e desfrutar da Sua doce comunhão.

Muitos estão nesta terrível situação de terem perdido Jesus no meio do caminho, pois se ocuparam com tantas coisas que não se deram conta de que Ele já não estava mais por perto, mas e agora o que fazer.
Precisamos encontrar O Senhor novamente, e ter com Ele aquela comunhão tão gostosa e maravilhosa que nossos corações irão saltar dentro do peito, querendo explodir, mas o melhor é que isso também acontecerá com o coração do Senhor.
Mas o que fazer?
Como fazer?
Essa é a pergunta que nesse momento invade seu coração, amigo leitor.
Por isso nos foi deixado à boa e agradável palavra de Deus, para que pudéssemos chegar a estatura de varão perfeito.
Mas a mim, o que mais me incomoda é estar sentindo a tristeza que se passa no coração do Senhor, por isso eu lhe conclamo que divulgue esta mensagem, e me ajude acabar com esta tristeza profunda no imenso coração de Deus.
Então precisamos tomar alguns passos que nos levem de volta aos braços do Senhor e de lá nunca mais sairmos.
E seus pais que sem dúvida o amavam, nos mostraram como fazer isso, e de que maneira o fazer.

TRÊS PASSOS PARA OS BRAÇOS DE JESUS
Segundo a palavra do Senhor, foram três dias sem Jesus, três dias de sofrimento para seus pais, três dias que entraram para a história da humanidade, três dias, três dias que mudaram as vidas de José e Maria.
Por isso serão três passos, refazendo o que foi feito, percorrendo de volta o caminho andado.

1º PASSO – RECONHECER O ERRO
Reconheceram que o menino Jesus não estava junto deles.
Seus pais, em prantos tiveram que reconhecerem que o menino não estava com eles e se conscientizarem da realidade que estavam vivendo.
Esta é a triste realidade de muitas igrejas hoje, que parecem crescer, mas a verdade é que estão inchando, apresentam um desempenho litúrgico bem preparado, mas não sentem mais a verdadeira unção, nem se tem o prazer da Presença de Deus.
Por isso temos que admitir, reconhecer, conscientizar, que a sua presença já não está mais no meio de nós.
Só assim conseguiremos partir para o segundo passo.
Hoje eu entendo o porque de muitas pessoas irem em um culto abençoado e não sentirem nada em seus míseros corações, eles perderam Jesus.

2º PASSO – PROCURAR O QUE ESTÁ PERDIDO
Entenderam que precisavam encontrá-lo.
Após reconhecerem que Jesus não estava com eles, decidiram tomar o segundo passo certeiro, procurar pelo menino, e começaram procurando entre os parentes e amigos.
José e Maria não se sentaram e ficaram chorando, eles decidiram procurar o menino.
Era um bom começo.
Mas Jesus nunca estará nomeio de pessoas comuns, e sim no meio de cristãos sobrenaturais.
Jesus não está nos bares, nas festas, no mundo.
Durante a procura, eles vão revendo atitudes e conceitos, talvez Maria culpasse José e ele a ela, mas no caminho eles assumem seus erros.
Assim devemos fazer, procurar o Senhor revendo nossas atitudes, acendermos a luz que brilha em nós, pegarmos a vassoura do Espírito Santo e varrermos a casa.
Lembra-se?????
Certa vez eu li um grande livro e lhe recomendo “CAÇADORES DE DEUS”. Comece agora a sua procura pelo Senhor Jesus.

3º PASSO – VOLTAR AO COMEÇO
Finalmente voltaram a Jerusalém.
O nome Jerusalém significa “TEMOR PERFEITO A DEUS”.
Isso é magnífico, pois os pais de Jesus chegam a conclusão que deveriam voltar Ao Temor perfeito para com Deus na cidade da paz, pois com certeza suas vidas estavam em tormentos, precisam da presença do menino.
Talvez você esteja vivendo essa vida abaixo da média, cheia de tormentos por não ter mais a presença de Jesus em sua vida, então chegou a hora de mudar essa situação.
Jerusalém representa o centro da vontade de Deus, então devemos voltar ao começo, que é a vontade de Deus, deixarmos de viver um evangelho barato e medíocre, onde só se fala em prosperidade financeira.
E o que falar daqueles que fazem campanhas onde vendem “água benta”, “rosas ungidas”, “fogueira santa”.
Nada disso é necessário, basta limparmos nossos corações das coisas que nos prendem neste mundo, pois estamos virando “consumidores de bênçãos”, deixando de sermos povo escolhido, verdadeiros adoradores de Deus.

CONCLUSÃO
Dobre seus joelhos, se curve diante de Deus, busque e peça a presença de Jesus, peça e deseje estar com Ele todo o tempo.
Assim sua vida irá mudar, e você será outra pessoa, sem ter que comprar benção através de objetos ou sacrifícios.
Reconheça que está faltando O Senhor em sua vida, comece pelo começo e procure a Ele com toda força de seu coração, ou seja, vá atrás dEle, e então volte ao centro da vontade do Eterno.
E que o Eterno Rei dos reis te abençoe, hoje e sempre.

No Amor de Jesus,
Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget