quinta-feira, 29 de julho de 2010

DESFECHO DA VIDA !

“Então, lhe disse Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda ” - João 5:8

Eu já li muitos comentários e escrevi alguns sobre este texto.
É lindo o que Jesus faz pelas pessoas.
Seu ministério terreno, sua caminhada neste mundo, sua dedicação, tudo – apontavam muito mais para suprir necessidades das pessoas que outras coisas. Anunciar um reino vindouro para que as pessoas pudessem ter esperança.
Curar para poder viver melhor.
Consolar e ensinar para entenderem melhor ao Pai.
O desfecho dos atos do Senhor Jesus são repletos de compaixão e de foco em suprir as necessidades.

Nós, por outro lado, podemos olhar apenas para o desfecho de cada episódio destes e aprender algo, mas sem dúvida que não devemos dirigir nossas vidas por necessidades.
Jesus também não o fazia, ainda que dedicava-se muito a suprir necessidades. Mas não eram as necessidades que dirigiam Sua vida e sim Sua convicção de propósito divino.
Quando nós paramos de dar atenção e foco ao problema, começamos a enxergar as soluções.
Isso, meu querido leitor, muda o desfecho da sua história pessoal.

Parar de reclamar que a vida está ruim e começar a mudar de vida para viver melhor.
Parar de orar pelos problemas e começar a agradecer pela solução deles.
Parar de ter medo de ser atropelado e agradecer pelos livramentos.
Parar de pedir tanto e agradecer mais.
Ao invés de querer tanto, agradecer e valorizar o que tem.
Isso é viver diferente, dando foco no lugar certo.

Deus em Sua infinita bondade e amor por nós, deseja de todo Seu coração nos fazer prosperar em várias áreas de nossas vidas.
Ele anseia por mudar o desfecho da nossa história.
Mas temos de fazer a nossa parte, do contrário fica todo mundo querendo e ninguém desfrutando.
Isso me parece muito ruim e inadequado, especialmente conhecendo a este Deus como eu conheço.
Pense nisso.
Até porque, todos nós sabemos como este mundo e esta vida vão terminar.
O desfecho final já foi escrito e isso já tem muito, muito tempo.

No amor de Jesus,
Pr. Humberto Freire



Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget