quinta-feira, 3 de junho de 2010

LUTAR CONTRA AS SENTENÇAS


ESTUDO N. 41 - DIA DA LUTA CONTRA AS SENTENÇAS LANÇADAS

Sofonias 3:15
“ O Senhor afastou as sentenças que eram contra ti e lançou fora o teu inimigo. O Rei de Israel, o Senhor, esta no meio de ti, tu não veras mal algum “

I ) INTRODUÇÃO
· sentença ou praga
· rogar praga é fazer IMPRECAÇÃO contra alguem
· Imprecar = é pedir a deus, ou a poder superior, que envie sobre alguem males ou bens, é rogar pragas a alguem, é dizer pragas

Is 54:17 = “ Toda arma forjada contra Ti Não prosperará, toda lingua que ousar contra ti em juizo, tu a condenaras , esta é a herança dos servos do Senhor e o seu direito que de mim procede, diz o Senhor “

· esta é a PROMESSA de Deus para os seus
· as Maldições, Jesus Cristo já as levou na cruz do calvario
· Ele se fez maldição por nós
· Portanto, nenhuma maldição, praga ou sentença terá qualquer efeito sobre a nossa vida e sobre a nossa familia.
· Por que, ENTÃO, tantos SÃO aqueles perseguidos e afligidos por sentenças lançadas contra eles ?

II ) DE QUE FORMA TEM PODER AS SENTENÇAS LANÇADAS CONTRA AS NOSSAS VIDAS

1) QUANDO PROFERIDAS POR PESSOAS COM AUTORIDADE S/ NOSSAS VIDAS

· OS PAIS
§ voce é burro
§ voce não vai dar nada na vida
§ voce vai ser igual ao seu pai, Bebado
§ eu vou te matar
§ do jeito que voce se veste, logo será prostituta

· OS PARENTES ASCENDENTES
o seu pai era a mesma coisa quando criança, voce vai pelo mesmo caminho
o teu avô bebia como gambá e voce é igual a ele

· O PASTOR
o se voce sair desta igreja, nunca mais sera feliz
o se sair da doutrina desta igreja (usos e costumes) voce vai para o inferno

· O NAMORADO
o se voce me deixar nunca mais tera outro namorado

· O NOIVO
§ se voce não casar comigo ficara para titia

· O MARIDO
§ se eu morrer voce nunca mais se casara

· O PROFESSOR
§ voce nunca vai ser capaz de fazer isto

· O PATRÃO
§ voce é um imbecil e incapaz


· INFLUENCIA SATANICA
§ nós mesmos nos sentenciamos por influencia de Satanas na nossa vida

· PESSOAS QUE ADMIRAMOS

· PESSOAS A QUEM ATRIBUIMOS VALOR SOCIAL

· PESSOAS A QUEM ESTAMOS LIGADOS E DAMOS VALOR EMOCIONAL

2) QUANDO VAMOS ATRAS DE ALGUMA COISA E NOS SUBMETEMOS A AUTORIDADE DA PESSOA RESPONSAVEL

. Cartomantes
. Videntes
. Adivinhadores
. Espiritismo

3) QUANDO O FATO É UMA VERDADE NO MOMENTO EM NOSSAS VIDAS, MAS CONTESTA A PROMESSA DE DEUS PARA O FUTURO

Neemias 4:1-3 = “ Tendo Sambalá ouvido que edificavamos o muro, ardeu em ira e se indignou muito, e escarneceu dos Judeis. Então falou na presença de
seus irmãos e do exercito de Samaria, e disse: que fazem estes fracos
Judeus ? permitir-se-lhe-á isso ? Sacrificarão ? Darão cabo da obra
num só dia ? Renascerão, acaso, dos montoes de pó as pedras que
forma queimadas ? estava com ele Tobias, o amonita, e disse : ainda
que edifiquem, vindo uma raposa derrubara o seu muro de pedra “

4) QUANDO ESTAMOS EM DESOBEDIENCIA OU EM DESACORDO COM A PALAVRA DE DEUS

Dt 27
o v.15 = maldito aquele que fizer imagem . . .
o v.16 = maldito aquele que desprezar pai e mãe . . .
o v.17 = maldito aquele que mudar os marcos da terra . . .
o v.18 = maldito aquele que fizer o cego errar o caminho . . .
o v.19 = maldito aquele que perverter o direito da viuva, do orfão e do estrangeiro
o v.20 = maldito aquele que praticar incesto . . .
o v.21 = maldito aquele que praticar prostituição . . .
o v.22/23 = maldito aquele que praticar bestialidade . . .
o v.24/25 = maldito aquele que assassinar . . .
o v.26 = madito aquele que negar a Palavra de Deus . . .

5) QUANDO ESTAMOS INSEGUROS, EM DUVIDA OU COM MEDO

· a insegurança, a duvida ou o MEDO, são brechas na alma, que permitem a entrada e a ação destruidora de uma sentença de maldição

1 Jo 4:18 = “ no amor não existe medo, antes o perfeito amor lança fora o medo, ora, o medo produz tormento, logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor “

6) QUANDO ESTAMOS EM ENGANO EM RELAÇÃO À PALAVRA DE DEUS

· no nosso descuido, em relação a toda a direção da Palavra de Deus, permitimos a ação das sentenças de maldição sobre a nossa vida, pois o espirito de engano nos engoda e ataca

III ) COMO ENTRA EM NOSSAS VIDAS AS SENTENÇAS LANÇADAS CONTRA NÓS ?

· quando nos submetemos à sentença lançada contra nós acolhendo-a em nossos corações e acreditando que é verdade.

IV ) COMO COMBATER AS SENTENÇAS LANÇADAS CONTRA NÓS ?

· combatemos as sentenças lançadas contra a nossa vida atraves da apropriação que fazemos das promessas de Deus
· declaramos estas promessas nas nossas vidas e quebramos a validade das sentenças lançadas

V) COMO COMBATER AS SENTENÇAS CONTRA NÓS SE ELAS RETORNAREM

· quando retornam os sintomas das sentenças que já haviamos quebrado, precisamos pedir ao ES que nos revele qual a verdadeira causa, temos que descobrir o real porque das consequencias permanecerem sobre nós.
· Pode ser um filme que assistimos ou um livro que lemos em que nos achamos tão semelhantes aquela historia, que assumimos toda a vivencia e desgraça das vidas enfocadas, passando a sofrer as consequencias das mesmas sentenças.
· Pode ser uma sentença de nosso pai ou de nossa mãe, que nós acolhemos como verdade, e que passa a ser verdade em nós.
· Pode ser uma sentença de nossos parentes dizendo que viveriamos assim ou assado a passamos a assunir e viver toda aquela desgraça.

VI ) A AUTORIDADE DE TODA A PALAVRA LANÇADA

· toda palavra lançada no mundo tem um proposito que se cumprira, quando existir passagem aberta em nossa vida
· nós vamos prestar conta de toda palavra tola que falarmos

Jo 15:20 = “ Lembrai-vos da palavra que eu vos disse : não é o servo maior do que o seu senhor, se me perseguiram a mim, tambem perseguirão a vós outros , se quardaram a minha palavra, tambem guardarão a vossa “

CONCLUSÃO

· temos que lutar contra os demonios que se utilizam das sentenças ou pragas lançadas contra nós.
· perdoar e abençoar as pessoas que nos rogaram pragas e fizeram imprecações contra nós.
· declarar que as maldições, Jesus Cristo já as levou na cruz do calvario.
· pedir perdão a Deus, quando pecamos contra Ele nos submetendo a autoridades espirituais que nada tinham a ve com a nossa vida.

Pv 18:21 = “ a morte e a vida estão no poder da lingua, o que bem a utiliza come do seu fruto”

Pv 12:6 = “ as palavras dos perversos são emboscadas para derramar sangue, mas a boca dos
retos livra homens “

Pv 12:13-14 = “ pela transgressão dos labios o mau se enlaça, mas o justo sairá da angustia.
Cada um se farta de bem pelo fruto da sua boca e o que as mãos do homem
fizer ser-lhe-a retribuido “

Pv 15:4 = “ a lingua serena é arvore de vida, mas a perversa quebranda o espirito “

Pv 15:26 = “ abominaveis são para o Senhor os designios do mau, mas as palavras
bondosas lhe são apraziveis “

ORAÇÃO DE GUERRA

SENHOR MEU DEUS ! ! !

· Me desligo dos demonios que se utilizam das sentenças ou pragas lançadas contra mim, declaro a Palavra de Deus, pois toda arma forjada contra mim não prosperara, toda lingua que ousar contra mim em juizo, eu a condeno, pois esta é a herança dos servos do Senhor.

· Perdoo e abençoo as pessoas que me rogaram pragas ou fizeram imprecações contra mim, sejam eles os meus pais, os meus parentes ascendentes, o pastor, o namorado, o noivo, o marido, o professor, o patrão, mas rejeito toda sentença.

· Declaro que as maldições Jesus Cristo já as levou na cruz do calvario, ele se fez maldição por mim.

· Peço perdão a Deus, quando pequei contra Ele me submetendo a autoridades espirituais que nada tinham a ver com a minha vida, como cartomantes, videntes, adivinhadores, espiritos.

· Eu hoje aprendi que não devo aceitar nenhuma forma de entrada de sentenças de maldição sobre a minha vida.

· eu rejeito toda verdade do momento em minha vida que contesta a promessa de Deus para o futuro.

· Peço perdão quando estive em desobediencia ou em desacordo com a sua palavra.

· Peço perdão quando estive inseguro, em duvida, ou com medo, pois tu és a minha segurança, tu és o meu socorro, bem presente na hora da tribulação.

· Peço perdão quando estive em engano em relação a tua palavra.

· Peço perdão quando me submeti a sentença lançada contra mim acolhendo-a em meu coração e acreditando que era verdade.

· Eu me aproprio das tuas promessas para a minha vida, que desfazem toda a sentença lançada.

· Declaro tuas promessas na minha vida e quebro a validade das sentenças lançadas.
No Amor de Jesus,
Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget