terça-feira, 26 de janeiro de 2010

COMO ALCANÇAR UM CORAÇÃO SABIO

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio”
Salmo 90.12

O Criador estabeleceu um tempo para cada pessoa viver sobre a face da Terra, e o salmista entendeu isso.
Inclusive, compreendeu que precisava aprender com o Senhor a contar os seus dias, para que alcançasse um coração sábio.
É sempre bom contar os dias que já passaram e imaginar o número dos que faltam, sem desperdiçá-los com futilidades, pois, se agir como o rico da parábola contada por Jesus, irá arrepender-se mais tarde (Lucas 12.16-21).
Só temos um tempo para fazer o bem e não podemos esbanjá-lo, afinal, ainda que nossos dias sejam breves sobre a Terra, durarão para sempre na eternidade.
Então, é bom começar a fazer o bem o mais depressa possível.
O salmista declarou que nos são cedidos, em média, de 70 a 80 anos e que o resto é canseira (Salmo 90.10).
Alguns conseguem chegar um pouco além, mas, cedo ou tarde, o fim virá também para esses.
Há pessoas que estão vivendo como se fossem ficar para a posteridade, mas a morte chega para todos – inclusive para os santos de Deus, como aconteceu, por exemplo, com Davi, um homem segundo o coração do Senhor (Atos 13.22).
Todos passarão pela experiência de viver neste mundo e sair dele, e é bom nos prepararmos para esse momento glorioso, no qual, do outro lado, o Senhor Jesus nos receberá com os salvos e conosco ficará para sempre.
Precisamos entender, como ao salmista foi revelado, que temos de contar os nossos dias.
O que estamos fazendo ?
Temos desperdiçado o nosso tempo com coisas vãs ou acumulado tesouros para a eternidade (Mateus 6.19,20) ?
Quem vive somente para esta vida é o mais miserável de todos, ainda que seja riquíssimo.
Por outro lado, aqueles que alcançarem um coração sábio viverão eternamente com o Senhor – e, na eternidade, não haverá mais nenhum trabalho a ser feito, pois tudo já está preparado (Mateus 25.31-34)!
Quem aprende a contar os seus dias e a aproveitá-los consegue um coração sábio.
Quantos dias você já viveu?
Quantos lhe faltam?
O que fez e o que fará?
A vida esgota-se rapidamente.
Então, cuidado para não ser levado pela vaidade, pois quem ama o mundo não tem, e jamais terá, o amor de Deus (1 João 2.15-17).
É assim que o inimigo tem conseguido enganar muitos servos do Senhor. Dedicar o seu tempo a Ele é viver de modo digno e recompensador.
A história do rico, na parábola contada pelo Senhor Jesus, é chocante.
Ele tinha tudo do bom e do melhor, vivia regaladamente, era religioso, conhecia a mensagem da salvação e sabia o que representava Abraão para os salvos.
Mas cometeu um simples erro: não se preparou.
Aqueles que agirem assim sofrerão para sempre no inferno.
Então cuidado!
Você pode estar caminhando para fazer companhia a ele.
Note que o arrependimento tardio dele não o beneficiou nem irá ajudá-lo em nada.
Então, aproveite o seu tempo de fazer o bem, porque os seus dias são breves sobre a terra, mas durarão para sempre na eternidade.

Em Cristo, com amor,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget