segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

COMO CONSTRUIR FAMILIAS SAUDAVEIS ?

Um dos grandes desafios que temos que enfrentar no contexto desta sociedade chamada pós-moderna consiste na construção de famílias saudáveis.
No passado era mais fácil ser bem sucedido nesta área.
Já que a correnteza mudou, como construir famílias fortes hoje em dia, em meio a tantas relativizações que incidem sobre os compromissos relacionais e que, portanto afetam diretamente a ambiência familiar.
Aqueles que tem refletido com mais profundidade sobre a sociedade e a família, tem dito que quando a família muda, a sociedade também muda e quando muda a sociedade, muda também a família, logo existe uma interferência mútua. Portanto quando pensamos na construção de famílias saudáveis, estamos sublinhando a possibilidade da construção de uma sociedade fortalecida e saudável.
Para refletir sobre este desafio devemos partir do princípio de que não há família perfeita, todas tem os seus problemas, diferenças, vivem seus dramas domésticos.
Entretanto, existem famílias saudáveis emocionalmente, em que as pessoas não estão competindo umas com as outras, em que pessoas não estão tentando exercer domínio sobre as outras.
Uma família saudável consegue manter um espaço adequado para cada membro.
Um espaço emocional – relacional.
Acredito que o importante é que nos conscientizemos daquilo que podemos fazer para melhorar nossas relações familiares e assim construir um ambiente familiar saudável e propício ao crescimento pessoal e coletivo.
Deixo com vocês uma dica que tem sido muito eficaz no contexto da minha família.
Aceitar o fato de que o que vale mais nos relacionamentos e estes no contexto familiar não é quem está certo, mas o que está certo.
O que é correto ou não é o que deve ser considerado e não quem.
A Idéia não é saber quem vai recorrer primeiro a placa ou aos universitários, não é esmagar o outro com uma boa retórica, não é ganhar um concurso de melhor administrador de silogismos.
Mas sim construir uma boa resposta juntos para resolver um problema.
Portanto abramos espaço para o diálogo, para o exercício da comunicação, para que os problemas possam ser satisfatoriamente resolvidos.
Ouça seu cônjuge, seus filhos, ouça.
A experiência de ser ouvido com atenção é muito poderosa e bastante significativa e na bíblia Deus nos conclama a busca-lo em oração mais de 200 vezes.
Vejam que Ele quer ouvir-nos, pois dentre outras coisas sabe o valor de tal experiência.
Enfrentemos com firmeza este grande desafio, contando com aquele que nos dispõe a nos ouvir e a contribuir para que construamos famílias saudáveis.

No Amor de Jesus,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget