sábado, 26 de setembro de 2009

NÃO COMER O PÃO VERDADEIRO FAZ ERRAR

“ Disseram-lhe, pois: Senhor, dá-nos sempre desse pão “
(João 6.34)

Esse pedido foi feito pelos judeus que estavam discutindo com o Mestre.
Eles não entendiam que o próprio Jesus era o Alimento de que todo ser humano precisa.
Quem não come deste Pão não se realiza em nada e sofre todo tipo de ataque maligno, passando pela vida como se tudo acabasse no túmulo.
Agradeço ao Senhor Deus por me ter feito ouvir a Sua Palavra.
O que eu seria, se não me tivesse entregado a Jesus?
Será que ainda estaria vivo?
Ou teria sido responsável pela partida de outrem deste mundo, antes do tempo, ou um destruidor de lares?
Pai, muito obrigado por ter-me mostrado o verdadeiro Caminho.
Causa estranheza a mim o fato de muita gente de Deus não ter o hábito de ler as Escrituras ou não viver na presença do Altíssimo.
Será que essas pessoas se converteram de fato?
Como alguém, que se diz membro do Corpo de Cristo, adultera, engana, mente, age desonestamente, ou comete qualquer outro ato que não está de acordo como a vontade divina?
Creio que o problema é que as pessoas, ao não se alimentarem do Pão dos Céus, ficam nas mãos do inimigo, o qual, então, tem condições de enganá-las, levando-as a realizar coisas condenadas pela Palavra e deixar de praticar o que o Senhor ordenou: a evangelização.
O que voce tem feito para a redenção dos seus familiares?
Quando vocês se encontram, conversam sobre o quê?
Falam de tudo, menos sobre o mais importante, não é verdade?
Você dará contas do que fez ou deixou de fazer com relação aos mandamentos do Pai.
Diante disso, mude de atitude, porque Ele não o terá por inocente.
Investimos em tudo, menos no essencial: a salvação dos perdidos.
Alguns lutam para salvar a família; mas quanto aos outros que também estão em trevas?
Qualquer um, de qualquer nacionalidade, é o próximo que devemos evangelizar. Ao comer do verdadeiro Pão, você verá quão distante tem estado do mandamento. Então, volte correndo para sua missão antes que seja tarde!
No Amor de Jesus,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget