segunda-feira, 28 de setembro de 2009

DE ACORDO COM AS ESCRITURAS

Não diz a Escritura que o Cristo vem da descendência de Davi e de Belém, da aldeia de onde era Davi?
(João 7.42)

Os judeus tinham bastante informação sobre a vontade de Deus, mas, para eles, não era suficiente.
Após Jesus ter falado a respeito do Espírito Santo, muitos creram que Ele era o Profeta; outros, que era o Cristo, e alguns ficaram em dúvida, porque haviam aprendido que Ele viria da cidade de Belém de Judá, da descendência de Davi, e não da Galiléia (João 7.39-42).
Hoje, há indivíduos que conhecem parte da Escritura Sagrada, apegam-se ao que aprenderam, mas não abrem o coração para que o Espírito de Deus lhes revele tudo o que está escrito; dessa maneira, perdem as operações divinas.
É triste ver pessoas – que fariam tudo para seguir o Senhor, até mesmo grandes sacrifícios – ficarem perdidas em pontos teológicos insignificantes, os quais elas nem sabem quem os criou. Por causa disso, evitam determinados alimentos, prazeres permitidos, sacrificam-se em troca de nada, guardam dias como especiais ou santos, fazem longas orações e cumprem rituais, quando, para agradar a Deus, basta somente crer.
Ninguém precisa dispor de bens para o Pai operar, a menos que Ele tenha, pessoalmente, convencido a pessoa a fazer, por exemplo, uma doação para a igreja ou para os pobres.
Não é necessário abster-se de alimentos, por achar que alguns são proibidos. Basta ler, no livro de Atos, os capítulos 10 e 15, e constatar o que do Antigo Testamento nos foi deixado para praticar.
Os médicos, sim, podem prescrever abstinências de algumas comidas se o paciente estiver com alguma sensibilidade ou alergia a certos alimentos.
Mas, por motivos de fé, a Palavra já mostrou, na decisão dos apóstolos, que tudo é puro.
As Escrituras não erram, e nisto os judeus dos dias de Jesus estavam certos: o Cristo haveria de vir de Belém, cidade de Davi, da sua descendência, e não da Galiléia.
No entanto, Jesus era chamado de galileu por ter sido criado na Galiléia.
Se eles tivessem investigado um pouco mais, teriam recebido a bênção de ter crido que Jesus era o Cristo.
A Palavra de Deus só faz bem.
Quanto mais você entendê-lA, melhor viverá.
Uma vez que Ela se discerne espiritualmente, é necessário lê-lA todos os dias e estar sempre presente na igreja para ouvir a pregação bíblica.
É nesses momentos que o Senhor fala e opera.
Todas as vezes que participamos do culto, ou lemos a Bíblia, estamos tendo uma reunião executiva com o Senhor.
Ao chegarmos diante dEle, não devemos ter reservas nem idéias preconcebidas. Ter o coração aberto faz bem, pois, assim, Deus pode revelar Sua vontade.

No Amor de Jesus,
Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget