quinta-feira, 9 de julho de 2009

A MENTE DO HOMEM E A SUA ESPOSA


Quando a pornografia está na mente, um marido pode facilmente transformar sua esposa em uma fonte para consumar suas fantasias. O problema é que as esposas são reais e não fantasias. Os maridos que amam suas esposas somente por causa do sexo se tornam manipuladores e predadores, e elas, vítimas de suas presas. O marido vê nela somente o valor físico, e então o casamento se desintegra.O profeta Oséias tinha uma esposa envolvida na prostituição. Ela amava por contrato, por causa dos presentes que seus amantes lhe davam. Sua imoralidade não foi somente sexual. Ela também vendeu sua emoção e sua alma por ambição. É imoral amar somente por causa dos presentes. O amor a Deus por causa das Suas bênçãos é uma forma de prostituição espiritual. Deus deve ser amado porque Ele é Deus! Do mesmo modo, uma esposa deve ser amada porque ela é a sua esposa. Obrigar uma esposa a “amar por contrato”, usando as coisas que você lhe compra como suborno, na verdade você a faz sentir como uma prostituta, e qualquer coisa que você lhe dê se transforma em pagamento. A Bíblia diz:
“Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula, porque Deus julgará os impuros e adúlteros.” (Hebreus 13.4)
Os homens usam a expressão: “e (seja) o leito sem mácula” como permissão para fazerem o que eles desejam no casamento, e o chamam “sem mácula”. Mas a coisa não funciona dessa maneira! Quando um homem mancha seu leito nupcial, ele é corrompido. Meditar ou hospedar em sua mente imagens de outras mulheres e levá-las ao leito nupcial é adultério no pensamento. Uma razão pela qual a pornografia prolifera é que oferece intimidade, quando na realidade seus resultados são distanciamento e menos satisfação, freqüentemente ao ponto de chegar à impotência. Jesus disse:

“Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.” (Mateus 5.28)

Quando uma esposa se transforma em um mero corpo enquanto a mente do marido divaga para qualquer outro lado durante a relação sexual, ele simplesmente se prende a uma “masturbação vaginal”. Tudo gira em torno dele e não dela. O resultado é uma satisfação que vai diminuindo. Nada do que ela faça pode resolver isso. O pensamento vai junto com o leito. Qualquer homem, como o juiz que secretamente olhava pornografia, pode ser corrompido por suas próprias lascívias, o qual semeia sementes de pecado e quando o pecado é concebido dá a luz à morte (Tiago 1.15). Existe mais de um tipo de morte. A morte financeira é a falência. A morte do casamento é o divórcio. A “mulher estranha” do capítulo sete do livro de Provérbios de que fala Salomão é qualquer coisa que atormenta com falsas promessas ao homem para seduzi-lo. A Bíblia descreve a cena de um homem que é induzido ao adultério.
“E ele num instante a segue, como o boi que vai ao matadouro; até que a flecha lhe atravesse o coração; como a ave que se apressa para o laço, sem saber que isto lhe custará a vida. Agora, pois, filho, dá-me ouvidos e sê atento às palavras da minha boca”. (Provérbios 7.22,23)
A Palavra claramente diz ao homem que evite a mulher adúltera (a mulher estranha), para não errar em seu caminho nem permitir que seu coração a deseje, porque ir à cama com ela é o caminho das câmaras da morte (Provérbios 7.25-27).
De acordo com os noticiários, ambos, homens e mulheres que muitas vezes viajam a negócios, a intercâmbios, convenções ou a outros lugares turísticos, vão com a intenção de ter aventuras nas relações amorosas extraconjugais. O que eles nunca noticiam são os corações quebrados, traumas e sofrimentos que as pessoas e seus familiares experimentam depois. Um pouco adiante, veremos um antídoto contra o adultério, mas é suficiente dizer que se não pensa primeiro não o fará depois.“Lembrem-se disto: – os maus desejos que vêm às suas vidas, não são nada novos nem diferentes. Muitos outros têm encarado exatamente os mesmos problemas que vocês, e nenhuma tentação é irresistível. Confiem em Deus que pode evitar que a tentação seja tão forte que não a possam suportar, porque Ele prometeu e fará exatamente o que disse. Ele mostrará a vocês como escapar do poder da tentação para que não percam a esperança e a resistam pacientemente (1 Coríntios 10.13).Você não pode fugir da tentação, mas fugir para Deus. Esvaziar-se de alguma coisa simplesmente deixa um vazio que permite que ele volte. Preencher o espaço vazio é a única solução para uma mudança duradoura. Encher nossas mentes da Palavra de Deus, encher nossos pensamentos com oração e encher nosso tempo com ânimo e apreciação à nossas esposas – são soluções contra os aguilhões da nossa cultura e de tudo aquilo que está ao nosso redor.Não importa qual seja a tentação, o poder de Deus que cumpre a sua Aliança é suficiente para qualquer necessidade.
“e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32).
Para alcançar suas metas como homem e marido, você precisa evitar os erros óbvios. Satanás veio para roubar, matar e destruir (João 10.10).
Mas ele mesmo nunca se mostra como “mensageiro do mal”, como nos filmes. Ele sempre aparece como um “anjo de luz”, produzindo tentações que parecem normais e desejáveis. Inclusive as óbvias decisões erradas podem parecer lógicas, razoáveis e algumas vezes proveitosas. Satanás faz com que a pornografia e o adultério pareçam inofensivos e primordiais, de maneira que se “todos fazem”, então não deve ter nada de errado nisso. Na realidade, esse engano é enviado para destruir os homens, casamentos e filhos e conseqüentemente, a família.

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget