domingo, 19 de julho de 2009

IDENTIDADE


Buscar e consolidar a identidade em Cristo é viver a plenitude de Suas promessas

“Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos” Jó 42:5
Como desenvolver uma identidade, quando na verdade, ainda não descobrimos por completo quem somos? Fazer boas escolhas e ter um auto-conhecimento apurado são fatores totalmente desejavéis, mas atingir esse ápice requer um critério valioso: conhecer a Deus. E não limitar esse conhecimento é o primeiro passo.

“Eis que as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo” 2 cor 5:17
Não é estranho quando as pessoas o conhecem superficialmente e já supõe uma falsa idéia sobre você? Ou então dizem que até o conhecem, assim, “por cima”? Qualquer pessoa pode dizer isso, mas quando ouvimos alguém que amamos dizer que não sabe quem somos, ficamos incomodados. Com Deus é do mesmo jeito, dizer apenas que o conhecemos é pouco para demonstrarmos nosso amor e recebermos o quanto Ele pode nos dar, e isso também inclui confirmar uma identidade no Senhor. Ao aceitarmos Jesus como nosso Senhor e Salvador, a transformação e alegria em nosso rosto é visível, pois Deus nos enche com sua Graça. Tudo é lindo, vida nova, mas espera um pouco, onde fica a identidade pessoal quando aceitamos a Cristo?

“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” Gn 1: 26
Quando temos um alvo, que nesse caso é ser plenamente uma nova pessoa em Cristo Jesus, precisamos atentarmos para o que chamamos de foco. Não perder o foco nos faz pessoas determinadas, capazes de vencer e com uma identidade inabalável. Os Behavioristas dizem que a personalidade das pessoas são formadas por conceitos próprios e pelo meio social onde está inserida. Atentarmos para os lugares, amizades e escolhas que fazemos ajuda a definir nossa identidade, que sem dúvida, deve estar ligada à de Jesus.

“Buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas” Mt 6:33
Ser semelhante a Cristo significa desejar ardentemente uma identidade incorruptível, também é se dedicar em oferecer o melhor para as pessoas, é obedecer ao “ide”. Ter uma identidade como a de Jesus é buscar constantemente ao Pai, é ministrar palavras de vida, de vida eterna.

É acreditar no poder de Deus e dizer: Em nome de Jesus, levanta e anda (Atos 3:6). Ser semelhante a Cristo requer que deixemos a nossa vontade, o egoísmo de lado e busquemos ter uma vida melhor dedicando mais tempo ao Senhor e abençoando ao próximo. Quais são as suas prioridades hoje? Qual tempo você tem dedicado em ter um relacionamento com o Senhor, em cultivar sua identidade em Jesus? O seu precioso tempo de vida tem se perdido em meio às confusões, decepções, mentiras e atitudes desonestas?

“Agora, pois, seja o temor do SENHOR convosco; guardai-o, e fazei-o; porque não há no SENHOR, nosso Deus, iniqüidade, nem acepção de pessoas, nem aceitação de suborno” II Cr 19:7
A medida que nos afastamos de Deus, nosso caráter é fácilmente corrompido. Quanto mais andamos com Jesus, mais parecidos com Ele ficamos. Não limite o seu relacionamento com Deus apenas em orar uma vez ao dia, a cantar um louvor em casa ou na igreja. Estabeleça alvos, alcance seus objetivos!

“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus” Hb 12:2

Jesus, com sua identidade inabalável em Deus, nunca perdeu uma batalha, nunca se frustrou, não havia espaço em seu coração para amarguras. Ele venceu seus medos, sempre alcançou seus objetivos porque nunca perdeu o foco. Quando confessamos e confiamos a Deus nossas limitações e determinamos em nosso coração sermos pessoas melhores, mais dispostas e verdadeiras, somos presenteados com o amor e com o cuidado do Senhor. Buscar uma identidade em Cristo é obedecer a Palavra de Deus e viver a plenitude de Suas promessas:

“Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei”Js 1:5

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget