quarta-feira, 8 de julho de 2009

ALCANÇANDO O SEU PROPOSITO

Lucas 18:1-7
(V1) - E CONTOU-LHES também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, (V2) - Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem. (V3) - Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. (V4) - E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, (V5) - Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. (V6) - E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. (V7) - E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?

INTRODUÇÃO:
As palavras “em certa cidade’, “certo juiz” e “certa viúva”, são artigos indefinidos, ou seja, aquilo se diz de um, pode se dizer de muitos.
Uma parábola universal.
Tem valor pra todos porque todos podem ser representado nela.

UMA CIDADE DIFERÊNCIAVA DE UM POVOADO POR TRÊS MOTIVOS:

Do ponto de vista militar :
tinha que ter uma muralha que protegesse os cidadãos dos bandidos ou dos exércitos em tempo de guerra.
Do ponto de vista sócio-econômico :
· era preciso ter mais de 1000 habitantes e certas provisões em serviços e produtos.
Do ponto de vista administrativa e politicamente :
· era necessário uma estrutura de governo, administração jurídica e religiosa.

I- Havia juiz e injustiçada, porém não havia justiça.
II- Duas características do juiz:
1) não temia a Deus,
2) nem respeitava os homens.

ALGUNS PASSOS DA VIÚVA:

1) Ela provocou o milagre :
· Tomou uma atitude
· Usou o disponível
2)Seu propósito a fez ignorar as circunstâncias (que ia ter com ele..., indica que já tinha ido sem alcançar resultados) :
A diferença entre você e os outros é o seu propósito
Seu sucesso é determinado por aquilo que você estiver disposto a ignorar:
1)o que ñ deu certo no passado
2)as ofensas do próximo
3)as substituições do seu propósito (seu propósito é a única garantia do seu sustento e só existe um derrotado na vida, aquele que não conhece seu propósito

3) Não perdeu seu potencial diante da imponência do juiz.

4) Tinha um alvo claro, sua fé foi poderosa :
· A mente tem dois focos: “memória” e “imaginação”
· Não olhe para aquilo que você já viu, olhe para aquilo que Deus quer que você veja.

5- Ela simplesmente tomou posse do que lhe era por direito :
· se você insistir em tomar algo que não foi dado por Deus a você, Deus te tirará aquilo que foi dado por ele.

CONCLUSÃO:
· devemos chamar a existência o nosso propósito

Clamar ao Senhor:
· é intensificar a busca por uma necessidade urgente
· é protestar contra uma situação inaceitável
· é reconhecer os dois níveis de ação: (aquilo que você pode fazer e aquilo que só Deus pode fazer)
· é mover o céu através da terra

Que Deus os Abençoe e os Ensine,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget