domingo, 20 de março de 2011

NOSSA CASA : IGREJA DE DEUS !

“Saudai aos irmãos que estão em Laodicéia, e a Ninfa, e à igreja que está em sua casa”
Colossenses 4:15

A palavra igreja possui dois significados possíveis:

1) Igreja pode ser uma corporação religiosa, com seus cargos hierárquicos, seus dogmas, sua agenda, sua organização burocrática, seus recursos, enfim, uma instituição jurídica (que muito se assemelha a uma empresa autogestora);

2) Em sentido bíblico, duas palavras, traduzidas do hebraico para o grego, trazem o significado do vocábulo Igreja. São elas: synagoge (reunir-se) e Ekklesia (Congregação de cristãos ou Assembléia cristã). Esse segundo conceito de “Igreja” em nada se mistura com o primeiro significado.

Nas Cartas que escreveu às congregações de cristãos instaladas em diversas partes da Ásia, Paulo sempre procurava fazer uma saudação particular: à Igreja situada na casa de um dos membros.
Em Roma, por exemplo, ele saudou a Priscila e a Áquila: “Saudai a Priscila e a Áquila, meus cooperadores em Cristo Jesus, os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios.
Saudai também A Igreja que está em sua casa (...)” (Romanos 16:3-5).
Em Corinto não foi diferente: “As igrejas da Ásia vos saúdam.
Saúdam-vos afetuosamente no Senhor Áquila e Priscila, com A Igreja que está em sua casa” (1 Coríntios 16:19).
Em Filipo, a saudação se destinou de forma especial à casa de César: “Todos os santos vos saúdam, mas principalmente os que são da casa de César” (Filipenses 4:22).
Ao escrever a Filemom, não se esqueceu de saudar Arquipo e A Igreja em sua casa: “Paulo, prisioneiro de Jesus Cristo, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, nosso cooperador, e à amada Áfia, e à Arquipo, nosso camarada, e à Igreja que está em sua casa” (Filemom 1-2).

A pergunta que lanço é se estamos fazendo da nossa casa, da nossa família, A Igreja do DEUS Vivo.
A Bíblia atesta que nós, colunas vivas e edificadas por DEUS, somos verdadeiramente a Sua Igreja: “Mas Cristo, como Filho, sobre a sua própria Casa; a qual Casa somos nós, se tão somente conservarmos firme a confiança e a glória da esperança até ao fim” (Hebreus 3:6).
Bons tempos em que a família se reunia para, junta, meditar acerca da Palavra de DEUS.
Os pais reuniam os filhos e faziam entre eles um culto doméstico; oravam e glorificavam o Nome do SENHOR. Uma família que andava em comunhão, que crescia em unidade e temor à Palavra do SENHOR, afastando-se das coisas do mundo.
A Igreja de DEUS começa em nossa casa, dentro do nosso lar, a partir das nossas atitudes, tanto para os cônjuges como para os filhos.
Dos maiores aos menores, os conselhos de DEUS estão postos em firmeza e em verdade.
O capítulo 2 do livro de Atos descreve com perfeição as características da igreja de DEUS e os frutos que dela surgem: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam as suas propriedades e seus bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à Igreja aqueles que se haviam de salvar” (Atos 2:42-47).

Quando não transformamos a nossa casa em Igreja de DEUS é porque não estamos sendo Igreja em nossa casa.
As esposas precisam ser “prudentes, amarem seus maridos, amarem seus filhos, ser moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas aos seus maridos, a fim de que a Palavra de Deus não seja blasfemada” (Tito 2:4-5).
Os maridos devem amar as suas esposas como CRISTO amou A Igreja, ou seja, se possível, dar a própria vida por elas; não se irritando contra elas. Quem ama a sua esposa dessa forma como CRISTO ensinou, também a respeita, especialmente em sua ausência; e é fiel.
Os pais, como Igreja de DEUS em sua casa, precisam ser exemplos para os seus filhos, para que haja autoridade e aceitação em toda correção que se fizer; e, assim, os filhos os obedecerão em tudo.
Lar, que não é Igreja de DEUS, não resiste às grandes tempestades quando elas chegam, e logo se desmorona.
JESUS nos advertiu para essa realidade: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram os rios, e assopraram os ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. Mas aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; e desceu a chuva, e correram os rios, e assopraram os ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda” (Mateus 7:24-27). A Rocha é a Palavra de DEUS; é o próprio JESUS (leia Romanos 9:33).

Com que produto você tem edificado a sua casa?
Com A Rocha ou com a areia?
Tem feito de sua casa uma Igreja de DEUS?
Tem reservado um momento especial para estar com os seus filhos para ler a Palavra de DEUS, refleti-la e louvar o Seu Santo Nome?
A Igreja de CRISTO começa em nossa casa; e ela tem que ser pura, irrepreensível, sem mácula nem sujeira alguma: “que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até a aparição do Nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Timóteo 6:14).
Retire todo objeto de maldição dentro de sua casa.
O louvor, por exemplo, tem que ser só para a Glória de DEUS.
Nada de músicas do mundo, compostas por pessoas que ainda não foram transformados pelo Espírito de DEUS; nem bebidas alcoólicas; nem coisa alguma que venha a profanar o Nome do Nosso SENHOR.
Observe bem o que o autor do livro aos Hebreus nos ensina: “(...) O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para o uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra” (Hebreus 2:19-21).

JESUS deseja fazer morada em sua casa, transformá-la em casa de oração e louvor ao Seu santo Nome, em coluna viva e santuário de DEUS.
ELE diz a você: “eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo” (Apocalipse 3:20).
A igreja de Nosso Senhor é constituída por pessoas nascidas da água e do Espírito de DEUS, filhos que passaram por um segundo nascimento. Veja como essa Igreja é chamada pelo apóstolo Pedro: “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pedro 2:9). É um privilégio para nós termos sido escolhidos, eleitos por DEUS, dentre uma multidão que se encontra perdida no mundo, sem salvação.
Somos sacerdócio porque somos filhos do REI; uma nação separada do mundo, incontaminável; um povo que foi comprado e conquistado a um preço altíssimo, de morte, e morte de cruz.
Pelo Seu Sangue precioso JESUS nos tornou igreja d`ELE. Aleluia! É esse Espírito que está em nós, O que nos adotou por filhos, “(...) pelo qual clamamos: Aba, Pai” (Romanos 8:15).

Todos os templos religiosos, firmados com pedra, tijolo e cimento, um dia serão destruídos; e não sobrará nada deles.
Porque “o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens. Como diz o profeta: o céu é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso?” (Atos 7:48-49).
Assim como Ninfa, Priscila, Áquila, César, Áfia, Arquipo e tantos outros edificaram as suas próprias vidas como casas vivas de DEUS, faça você também o mesmo, permitindo que sua casa seja o repouso do SENHOR JESUS.

Que DEUS nos abençoe!
Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget