quinta-feira, 10 de junho de 2010

VIDA A DOIS - PROTEJA O SEU CASAMENTO !

Eclesiastes 4:9-12
9 - Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
10 - Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
11 - Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará?
12 - E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.

O plano do inimigo é matar e roubar de você e de seu casamento.
Ele até usa as coisas que parecem ser boas para lhe destruir.
De fato, geralmente a busca do que é bom distrai da busca daquilo que é melhor.
Às vezes, o obstáculo não será um ataque de Satanás, mas simplesmente sua própria falta de raciocínio.


Esteja atento ao obstáculo de desenvolver a unidade no casamento :

1) Ter muitas atividades individuais :
Ir em direções opostas muitos dias e noites da semana pode causar danos.
Negocios, envolvimento comunitário e igreja são importantes, mas se os seus horários são cheios de atividades individuais, seu casamento vai sofrer por falta de tempo juntos.
Procure por coisas que vocês possam fazer e desenvolver juntos.

2) Não encontrarem tempo para estarem juntos :
Se você não separar um tempo para estarem juntos, provavelmente esse tempo nunca será encontrado.
Outras coisas, pessoas e eventos irão tomar todo o seu tempo.
Crie a disciplina de “fazer” o tempo a fim de estarem juntos.

3) Não se comunicarem regularmente ou de maneira significativa :
O casamento associa duas pessoas ocupadas, e a preocupação da família em produzir um relacionamento que é desafiado pelas muitas direções da vida ativa.
Você deve continuamente desenvolver a comunicação para manter um laço de intimidade em meio a tantas ocupações.
A pratica da comunicação requer tempo e compromisso se é que de fato vamos ouvir o nosso cônjuge.

4) Não resolver as diferenças que emergem :
A intimidade é mais fácil de ser destruída do que construída.
Ignorar ou fingir que as diferenças não acontecem, absolutamente nada resolve.
Dê a vocês mesmos o tempo para crescerem juntos em unidade.
Encare, confronte e lide com seus problemas.

5) Se comunicar magoando o outro :
Pergunte a você mesmo : Minhas palavras convidam meu cônjuge a entrar no meu coração ou o/a lançam para longe de mim ?
Se ultimamente as suas palavras não tem sido cheias de graça, se arrependa diante do Senhor e de seu cônjuge.
Nunca ataque seu cônjuge : sempre ataque o problema que é a raiz da desavença.
Fale carionhosamente.

6) Ser desonesto :
O engano jamais traz nada de útil num relacionamento.
Sempre diga a verdade com integridade.

7) Importunação :
Uma vez que você já disse ao seu cônjuge tudo o que você sabe que há ouvido, deixe com ele/ela e entregue ao Senhor.
Encorajem um ao outro.

8) Comportamento abusivo ou violento :
O comportamento abusivo é prejudicial ao espírito e a alma, assim como ao corpo.
As repercussões de um abuso também irão ferir aqueles que estão ao seu redor.
Procure aconselhamento imediatamente.
Tratem um ao outro com amor.

9) Infidelidade :
Não há nada que possa trazer maior dano a um relacionamento do que a infidelidade conjugal seja de caráter físico ou emocional.
A infidelidade pode dar lugar a uma ilusão temporária mas as conseqüências podem ser devastadoras.
Perdão, cura e reconciliação podem vir a tomar lugar, mas o processo pode deixar profundas e visíveis cicatrizes não apenas em você, mas em muitos ao seu redor.

Então esteja vigilante, seja observador e esteja atento aos detalhes, e proteja o seu casamento.

No Amor de Jesus,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget