terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

ESSAS TRADIÇÕES

“Porque os fariseus e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes”
Marcos 7.3

A mente humana tem capacidade para encontrar saídas em muitas situações, onde, aparentemente, não há possibilidade, e são nessas ocasiões que as tradições surgem.
No entanto, isso não quer dizer que foi Deus quem as estabeleceu.
A pessoa pode ter encontrado uma brecha, mas aquilo não foi um decreto dEle.
O erro está em achar que determinadas regras são ordens divinas e as pessoas devem aceitá-las.
Até mesmo algumas obras de Deus não devem ser usadas em outras circunstâncias, como aconteceu com a serpente de metal que Moisés havia erguido no deserto, obedecendo ao Altíssimo.
A intenção do Senhor era ajudá-los naquela necessidade, porém, mais tarde, o rei Ezequias teve de reduzi-la a pedaços, pois o povo a estava adorando (Números 21.9; 2 Reis 18.4).
O único caminho a ser sempre guardado é o dos mandamentos escritos na Bíblia Sagrada.
O Senhor os colocou ali para serem observados em todas as situações em que Ele nos orientar.
É até compreensível que alguns tentem ajudar os outros com os escapes que conseguiram, mas, como já vimos, nem toda solução é inspirada pelo Senhor. Se encontramos a saída, devemos agradecer ao Altíssimo pela capacidade que nos foi dada, mas nunca fazer disso uma doutrina.
Só mesmo a Palavra de Deus poder ser usada em qualquer situação (2 Timóteo 3.16,17).
Outra coisa importante a observar é não cultuar aquilo que Deus usou para nos guiar em alguma dificuldade, porque somente Ele devemos cultuar.
Além disso, quem foi usado deve ser humilde para reconhecer isso, pois, sem a ajuda direta ou indireta do Senhor, ninguém conseguirá fazer absolutamente nada.
Lembre-se de que, se a mente conseguir encontrar a saída, sem dúvida, foi Deus quem lhe deu tal capacidade.
Portanto, somente Ele deve receber o louvor em todos os momentos.
Quem deixar as tradições humanas e se apegar à Palavra de Deus será auxiliado sempre.
Já aquilo que o homem acredita que pode ajudá-lo nem sempre funcionará. Pense em alguém que sentia uma dor e, por conta própria, tomou um remédio, e a dor passou.
Então, ele diz a todos que aquele medicamento pode livrar todo mundo de qualquer incômodo.
Ora, nem sempre o problema dos outros é causado pelo mesmo mal que acometeu aquela pessoa.
O mais certo em qualquer situação é buscar o Senhor e deixar as tradições de lado, porque elas, sendo fruto das invenções humanas, podem paralisar as operações do Senhor (Marcos 7.6-13).
No entanto, aquele que encontrar o Altíssimo e obedecer ao que Ele orienta sempre será bem-sucedido.

Em Cristo, com amor,

Pr. Humberto Freire

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget