quarta-feira, 25 de novembro de 2009

CRER É A UNICA SAIDA

“ Por isso, vos disse que morrereis em vossos pecados, porque, se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados “
João 8.24

Os judeus, como descendentes de Abraão, faziam parte do povo de Deus.
Eles eram os herdeiros da Aliança que Deus havia feito com esse patriarca (Gn 12, 13, 15 e 17) e seus descendentes, Isaque (Gn 26) e Jacó (Gn 28).
Porém, por não aceitarem o presente mais precioso que o Pai tinha para lhes dar – o Jesus como Senhor e Salvador (Lc 4.16-30) –, morreram em seus pecados.
Hoje, o mesmo está acontecendo com as pessoas que se têm tornado religiosas e não praticantes da Palavra de Deus, as quais vivem oprimidas por não terem tido uma real experiência com o Senhor.
Quem pertence ao povo de Deus possui o melhor da vida.
No entanto, aqueles que não creem no fato de que Jesus é o Senhor amontoam fracassos.
Isso está acontecendo com muitas pessoas, cujas vidas são dedicadas a ajudar o próximo.
Na verdade, elas estão nas mãos do inimigo por causa deste detalhe: não crer que Jesus é o Senhor.
Ele pode resolver o problema de todas as pessoas, pois tem todo o poder nos céus e na terra, mas nada poderá ser feito para quem não crer nEle.
O Senhor nos deu, em Seu Nome, poder sobre toda a força do inimigo, entretanto, isso só funciona para quem acredita nEle.
Muitos cristãos oram, mas não são curados, e, perplexos, perguntam o que está errado.
Na verdade, não é necessário questionar isso, pois quem erra sabe qual mandamento transgrediu.
Enquanto não se acertar com o Senhor, continuará oprimido pelas forças das trevas.
Só aquele que confessa as próprias transgressões e as abandona alcança misericórdia (1 João 1.9).
Enquanto o pecado não for confessado, não será removido.
Quem pratica o que a Bíblia condena não tem paz nem o perdão do Senhor.
Agora, a pessoa que, de fato, assume-se na Palavra de Deus, passa a desfrutar do melhor em todos os sentidos.
Porém, aquele que continua no pecado está mal espiritualmente e, mesmo que ore, jejue e faça todas as correntes de oração que puder, nada conseguirá de Deus, por se encontrar nas mãos do inimigo.
Por outro lado, para quem se converte ao Senhor Jesus, tudo é diferente; não há mais condenação para ele.
O sinal de que alguém está em paz com Deus é que sente o desejo de se acertar também com a pessoa enganada.
Essa foi a atitude de Zaqueu após se encontrar com Jesus (Lc 19.1-9).
Todo aquele que assume seu lugar em Cristo faz de Jesus o Senhor de sua vida. Então, descobre que, o Nome de Jesus, em seus lábios, tem o mesmo poder que tinha nos lábios do Senhor.
Essa é uma prova de que realmente crê em quem Jesus é.

Em Cristo, com amor,

Pr Humberto Freire


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget