sexta-feira, 10 de julho de 2009

CIRCUNCIDE SEU FILHO

Em Êxodo 4:20-26, Moisés estava voltando para o Egito com a mulher e filhos quando, ao parar numa estalagem, veio a adoecer a ponto de quase morrer. Então, sua esposa, Zípora, tomou uma pedra aguda e circuncidou seu filho mais velho e ainda o chamou de sanguinário pela circuncisão ser um hábito somente dos judeus e não dos midianitas. Moisés restaurou sua saúde e prosseguiu viagem. Por que Deus permitiu aquilo, sendo que Moisés estava fazendo algo tão nobre por seu povo?Deus queria mostrar para Moisés que, antes de ele ser o líder que libertaria seu povo do cativeiro, não poderia negligenciar uma responsabilidade que lhe foi dada como pai. O Senhor, em Sua aliança com Abraão, disse em Gênesis 17:10-12 que todos de sua descendência deveriam circuncidar seus filhos machos ao oitavo dia de vida. Por que Moisés foi negligente? Ele não era um homem irresponsável (Deus não chama homens irresponsáveis para Sua obra). Ele também não era um homem sem comprometimento (ele havia aceitado o desafio quando partiu de Mídia, rumo ao Egito).O que provavelmente aconteceu foi que Moisés estava muito focado em sua missão, ou preocupado pelo que viria. Afinal, ele caminhava para enfrentar o maior império do mundo, na época. Mesmo com o bordão, Deus lhe avisara que endureceria o coração de Faraó. Moisés deixou de fazer o que lhe era esperado como pai, e aquilo quase lhe custou a vida.E quanto a nós? Quantos de nós estamos focados nos problemas do dia-a-dia, nos objetivos e metas? Quantos de nós estamos preocupados com o futuro, e sem perceber, acabamos negligenciando algo que é de nossa responsabilidade? Deus manda circuncidar nossos filhos, não como os judeus faziam, mas como está em Colossenses 2:11 (fomos circuncidados não por mãos humanas, mas pelo sacrifício de Cristo na cruz).Irmão se Jesus Cristo morreu e ressuscitou para que todo cristão tenha vida abundante, não seja negligente como Moisés. Circuncide seus filhos. De que maneira? Levando-os a Jesus. Um dos segredos do sucesso de nossa paternidade está em colocar os filhos como uma das prioridades do nosso tempo - e não a sobra dele. A negligência de Moisés quase o levou ao fim, antes que ele pudesse fazer algo tão importante por seu povo. A negligência pode acabar com nossa paz, a comunhão com nossos filhos ou até algo importante que Deus tem para realizar através de nós.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget